Papa emérito Bento XVI rompe seu silêncio para elogiar Cardeal Sarah e advertir sacerdotes e bispos contra a mediocridade e a preocupação pelo poder, a autoridade, as necessidades materiais e o êxito em assuntos mundanos

Papa emérito Bento XVI rompe seu silêncio para elogiar Cardeal Sarah e advertir sacerdotes e bispos contra a mediocridade e a preocupação pelo poder, a autoridade, as necessidades materiais e o êxito em assuntos mundanos

CATHOLICVS | Tradução: Sensus Fidei — S. S. Bento XVI fez um comentário, a guisa de epílogo ao livro “A Força do Silêncio: Contra a ditadura do barulho”, escrito por Sª. Exª. Rev. Cardeal Sarah, Prefeito da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, publicado no mês passado em inglês por Ignatius Press. Este epílogo, que aparecerá na futura edição do livro, foi publicado como uma antecipação para “First Things” (cf. aqui). Trata-se de uma das poucas vezes em que o Papa emérito quebrou seu silêncio, e elogia o Cardeal Sarah por sua contribuição à Liturgia.

WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann