ENTREVISTA EXCLUSIVA COM DOM SCHNEIDER: “Infalibilizar tudo o que diz o papa não é católico”

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM DOM SCHNEIDER: “Infalibilizar tudo o que diz o papa não é católico”

Adelante la Fe: Oferecemos a primeira de duas entrevistas em vídeo exclusivas que nos concedeu Mons. Schneider. [Nota de Sensus fidei: Embora as perguntas sejam feitas em espanhol, as respostas de D. Schneider são em perfeito português]. Javier Navascués sem rodeios aborda a confusão gerada pelo Papa Francisco e a situação criada após Amoris laetitia e as dubia dos cardeais. Uma entrevista imperdível.






Sobre as penas do Inferno: Revelação (feita) ao Esposo de Maria (Alano da Rocha)

Sobre as penas do Inferno: Revelação (feita) ao Esposo de Maria (Alano da Rocha)

Alano da Rocha (*): Visto que a oração, segundo Santo Ambrósio, é o melhor remédio para reconciliar os homens com Deus, e a Rainha das orações é o Saltério [o Santo Rosário], por isso nesta oração existe uma grandíssima força: tendo especialmente a força da Vida, da Paixão e da Glória de Cristo, com o acréscimo dos Méritos da Mãe de Deus e dos Santos.











NOVENA DE NATAL (Santo Afonso Maria de Ligório) — 1ª Dia

NOVENA DE NATAL (Santo Afonso Maria de Ligório) — 1ª Dia

Sensus fidei: Em meio à espessa escuridão dos séculos, voltados para o Oriente, em profunda adoração, antecipadamente contemplamos o glorioso triunfo do Deus que se faz menino para conquistar o coração dos homens. “Velátum sub cárne vidébimus; Déum infántem, pánnis involútum, Venite, adorémus, Venite adorémus, Venite, adorémus, Dóminum”. (O Deus invisível de eternal grandeza, Sob véus de humildade, podemos ver. Deus pequenino, Deus envolto em faixas!).

Irmanados pelo verdadeiro espírito da Natal, convidamos nossos leitores a iniciar conosco a Novena de Natal, composta por Santo Afonso Maria de Ligório. Façamos, em nossos lares, nossa igrejas domésticas, a meditação da Novena em família e em seguida rezemos o Santo Terço.











Doze vídeos sem piedade

Doze vídeos sem piedade

Fray Gerundio – Adelante la Fe  – 10/12/16 – | tradução Frei Zaqueu: Um de meus noviços veio a minha cela esta semana. Queria pedir-me conselho sobre um trabalho que deve fazer durante as próximas férias de natal. Havia proposto ao professor revisar em um breve estudo o que disseram os Santos Padres acerca do Verbo Encarnado. Mas o teólogo que os instrui, o proibiu peremptoriamente. Já se sabe que agora os estudos teológicos não são em absoluto acerca de doutrinas anacrônicas e culturalmente superadas, nem sobre as duas naturezas de Jesus Cristo e tolices semelhantes. Agora mais que estudar, se trata de investigar, desenvolver e explanar temas atuais periféricos. Casualmente, os temas periféricos sempre se centram em Francisco, com o qual a periferia vai é plantar batatas. Quando não têm que apresentar um ensaio sobre a Amoris Laetitia, devem fazer um breve resumo sobre a Laetitia do Pontificado; quando não é uma redação sobre o Papa dos Pobres, é uma montagem sobre o Efeito Francisco ou um vocabulário sobre as homilias em Santa Marta, que isso sim é teologia da boa.











WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann