Apesar de nossas dúvidas, creio que podemos rezar com confiança um Pai Nosso, uma Ave-Maria e um Glória ao Pai pelas intenções do Santo Padre, sempre que tal é exigido de nós. Devemos fazer o que a Igreja ordena que façamos para receber a indulgência plenária. Se fizermos isso com fé e unirmos nossa vontade à vontade de Deus, só o bem poderá advir disso

IntencoesPapa

P.F. Hawkins – OnePeterFive | Tradução Sensus fidei: Papa Francisco foi recentemente apresentado em um vídeo on-line para promover a sua intenção de oração mensal. Infelizmente, o vídeo tem dado a impressão de que o Papa está a promover o indiferentismo religioso e, como tal, tem escandalizado não poucos católicos. Meu propósito aqui não é analisar esse vídeo ou a intenção particular, mas examinar uma questão mais ampla que um grande número de católicos tem perguntado nos últimos anos.

O que significa rezar “pelas intenções do Santo Padre”?

Se as intenções declaradas de um Papa parecem questionáveis, ou mesmo como se fossem incongruentes com a nossa fé católica, como podemos rezar por elas em boa consciência?

Como um prelúdio para abordar esta questão, devemos primeiramente examinar a razão pela qual os católicos rezam pelas intenções do Santo Padre, em primeiro lugar. A razão mais comum é que as orações por estas intenções são quase sempre necessárias em nossas tentativas para obter indulgências plenárias. Como o Catecismo de Baltimore diz:

237 P. O que devemos fazer para ganhar uma indulgência?
R. Para ganhar uma indulgência é preciso estar em estado de graça e executar as obras prescritas.

Uma das obras prescritas para se obter indulgências plenárias é rezar pelas intenções do Santo Padre.

Então, o que são as intenções do Santo Padre? Em primeiro lugar, estas incluem as intenções de oração mensais específicas compostas pelo Santo Padre. Pe. Thomas Kincaid, em seu comentário sobre o Catecismo de Baltimore (amplamente conhecido como Catecismo de Baltimore Nº 4) descreve apenas o que você está orando, quando reza pelas intenções do Santo Padre.

Agora, o que quer dizer rezar para a intenção do Papa ou bispo ou outra pessoa? Isso não significa que você deve rezar para o próprio Papa, mas para tudo o que ele está rezando ou deseja rezar. Por exemplo, em um dia, o Santo Padre pode orar para o sucesso de algumas missões que ele esteja estabelecendo em terras pagãs; em outro, ele pode rezar para que os inimigos da Igreja não tenham sucesso em seus planos contra ela; em outro, ele pode rezar para a conversão de alguma nação, e assim por diante; tudo o que ele esteja rezando ou deseja rezar é chamado sua intenção.

Este é o lugar onde muitos católicos se preocupam. Se o Papa está pretendendo que rezemos por algo que não seja católico, ou de alguma maneira prejudica a Igreja, então, quando rezamos pelas intenções do Santo Padre, parece que também estamos rezando por estas intenções problemáticas.

Então, um católico bem formado não pode, em sã consciência, apoiar uma intenção particular do Santo Padre, seria isto? Será que isso significa que tal católico não pode obter a indulgência plenária até que o Papa pare de ter intenções de oração problemáticas?

Eu não penso assim, por várias razões.

Em primeiro lugar, a Igreja não pode nos mandar fazer o mal. No entanto, durante séculos, ela nos ordenou em muitos ensinamentos magistrais para fazermos uma oração de cobertura pelas intenções do Santo Padre, a fim de obtermos a indulgência plenária. Daqui resulta que fazer tal oração de cobertura não pode ser uma contribuição importante para o mal, vinda de nossa parte.

Segundo, quando você reza genericamente pelas intenções do Santo Padre, sabemos que quatro intenções objetivas específicas são rezadas de cada vez. A partir da Raccolta, uma coleção de indulgências que costumava ser publicada pela Sagrada Congregação das Indulgências:

A intenção do Papa sempre inclui os seguintes objetos:
I. O progresso da Fé e o triunfo da Igreja.
II. Paz e união entre príncipes e reis cristãos.
III. A conversão dos pecadores.
IV. O desenraizamento de heresia.

Sempre que você rezar pelas intenções do Papa, você estará rezando por estas intenções extremamente católicas. Você estará rezando por estas intenções até mesmo durante o período de sede vacante entre diferentes reinados papais.

Finalmente, Deus está no comando. Ele sabe que pretendemos só o que é bom quando seguimos o ensinamento da Igreja e rezamos pelas intenções do Papa. Se a Sua Igreja nos diz para rezar pelas intenções do Papa, e o Papa, em seguida, falhar em viver de acordo com seu ofício a este respeito, a responsabilidade repousa sobre o Papa em criar essas intenções, e não sobre nós.

Apesar de nossas dúvidas, creio que podemos rezar com confiança um Pai Nosso, uma Ave-Maria e um Glória ao Pai pelas intenções do Santo Padre, sempre que tal é exigido de nós. Devemos fazer o que a Igreja ordena que façamos para receber a indulgência plenária. Se fizermos isso com fé e unirmos nossa vontade à vontade de Deus, só o bem poderá advir disso.

O que pedimos quando rezamos pelas intenções do Santo Padre

Uma ideia sobre “O que pedimos quando rezamos pelas intenções do Santo Padre

  • 13 de janeiro de 2016 em 19:08
    Permalink

    Uma vez que vivemos neste mundo, estamos cegos e surdos para o mundo espiritual. Mas não devemos nos iludir, pois temos TUDO o que é necessário para vivermos em santidade, vindo dos evangelhos, da doutrina católica, dos santos, cada um em seu estado, inclusive no estado “papal”. Cabe a nós fazermos a nossa parte em busca da santidade, ao Papa a parte dele, ciente que leva o cajado de Pedro e a Deus, julgar a todos ao final.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

WP-Backgrounds by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann